Socorro financeiro

Socorro Financeiro

Socorro Financeiro

Socorro Financeiro

Em primeiro lugar, para iniciar nos investimentos cada um deve visualizar o seu objetivo final, ou seja, para você o que é Enriquecer? O que é estar realmente rico, financeiramente falando é claro? Então, após essa definição, você precisa saber qual está a sua situação financeira:
Se você é deficitário, como a maioria, precisa de um grande trabalho de organização financeira para iniciar
o seu projeto, e através de pequenas dicas você pode organizar suas finanças se elas estiverem sem controle.
• Elabore um orçamento doméstico, relacionando todos os gastos e ganhos. Assim você poderá calcular o seu déficit, ou seja, quanto falta todo mês para cumprir as obrigações.
• Elabore uma relação de suas dívidas, desde a menor até a maior. Especifique prazos e verifique o total.
• Faça um planejamento de Longo Prazo de suas contas. Através de uma planilha você pode planejar a quantidade de meses até o fim das contas mais urgentes e ter um prazo para a normalização do balanço, onde ele tornará superavitário.
• Inicie um corte nas despesas supérfluas e contas cujos valores podem ser reduzidos de tal forma que possa reduzir o déficit ou torna-lo superávit.
• Verifique a possibilidade de aumentar seus rendimentos.
Tenha em Mente: A única forma de iniciar seu processo de enriquecimento envolve uma folga no orçamento que te permita fazer investimentos.
Se você é Superavitário, meus parabéns, você está num estágio avançado em termos de gerenciamento doméstico e pode iniciar sua jornada rumo ao enriquecimento financeiro.
• Se seu objetivo é enriquecer de verdade, pense sempre no longo prazo, sem aquelas promessas de enriquecimento fácil em poucos meses. Passe de pagador de juros a recebedor de juros. A longo prazo os juros compostos fazem uma mágica financeira. Alguns exemplos:
Um Investimento inicial de R$ 1.000,00 com aplicações mensais de R$ 500,00 por 10 anos (120 meses) em um investimento de renda fixa (Nível de risco baixo) com rendimento de 12% ao ano, supera os R$ 100.000,00. Considerando que seu investimento total é de R$ 61.000,00 no período, significa que você dobrou o valor em 10 anos em uma aplicação de baixo risco.
No mesmo caso, se você mantiver por 20 anos o mesmo investimento, conseguirá mais de R$ 400.000,00, investindo R$ 121.000,00. Milagre? Não, Juros compostos.

Caso você mantenha o investimento por 30 anos, seu rendimento ultrapassará R$ 1,4 Milhão.

• Você pode inclusive considerar um investimento em ações, sendo que há muitas estratégias para conseguir uma renda recorrente sem muitos esforços em bolsa, como a venda coberta, investimento em ações que pagam dividendos gordos e até mesmo o investimento de valor, cada um destes serão tratados em posts futuros.
• Investimentos em ações são ótimas oportunidades de construção de valor futuro (visto que diversas ações podem multiplicar de valor enquanto o investimento em renda fixa permanece o mesmo). Futuramente falarei mais sobre investimentos em ações de valor com possibilidade de multiplicação de capital em horizontes de longo prazo.
• Faça um teste de perfil de investidor, no qual você pode medir seu apetite ao risco e balancear a sua carteira com investimentos de riscos variáveis adicionando a possibilidade de multiplicação de valor nos seus investimentos.
• Considere fundos de investimento. Fundos de investimento são uma alternativa viável e de menor custo para diversificar investimentos em ações. Além disso, muitos contam com a possibilidade de pequenas aplicações e geralmente possuem classificações quanto ao nível de risco das aplicações. FII (Fundos de Investimento Imobiliário) são opções interessantes, pois permitem o investimento em imóveis, sem as dores de cabeça da inadimplência.
• LCI e LCA, respectivamente Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito Agrícola, são opções de renda fixa que possuem um risco relativamente baixo, isenção de IR e um bom rendimento, embora sejam menos líquidas que os outros investimentos de renda fixa como títulos públicos ou debêntures.
Portanto a primeira lição é: Para enriquecer, o tempo é muito importante, pois o planejamento a longo prazo, aliado a um rendimento seguro e uma poupança constante fazem a diferença entre se aposentar pelo INSS e enfrentar intermináveis filas para receber uns míseros trocados, insuficientes para um descanso digno, e viver a vida de maneira medíocre por falta de planejamento. Comece agora mesmo e planeje um futuro tranquilo onde você poderá comprar o que quiser e viver como quiser sem se preocupar com dinheiro ou a preservação do seu poder de compra. Fique atento as dicas que eu te darei nos próximos posts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *