títulos públicos

Títulos Públicos

Títulos Públicos

Títulos Públicos

Mas afinal o que são títulos públicos? Simplesmente um
“papel” que vale um montante da dívida do governo. Basicamente você passa a ser
credor do governo, o que significa que o governo deve cumprir uma série de
obrigações com relação a você

e todos os detentores da dívida, como um
pagamento regular de juros, relativos ao montante da dívida; garantir o
pagamento do principal no fim da vigência do título segundo as condições
firmadas no ato da compra; permitir a livre circulação dos títulos no mercado;
garantir a liquidez dos papéis; etc.

E os impostos?
Infelizmente, o rendimento dos títulos é completamente
tributado, mas dependendo do tempo que você carrega o título, a alíquota
diminui (de 27,5% para até 15%).
Quanto ao pagamento, não se preocupe pois apenas no ato do
recebimento dos valores o imposto é recolhido.
Pré e Pós fixados
Os títulos se dividem nessas duas categorias, pré e pós
fixados, os pré fixados são fixados na data da compra os juros que irão valer
pelo período do título, muito vantajoso caso o cenário futuro seja de queda dos
juros, mas diminui o rendimento potencial em caso de cenário de alta. Sua
vantagem reside na constância o que permite manter o poder de compra pelos que são
indexados à inflação e recebimento de alguns juros acima, por exemplo:
Título A: Rendimento = Inflação + 5%
Com a inflação a 6,5%, o rendimento fica em 11,5%
Com a inflação a 5% o rendimento fica em 10%
Vantajoso em qualquer cenário, pois mantém o poder de compra
e os juros são sempre fixos.
No caso dos pós fixados, os juros não são conhecidos no ato
da compra, impossibilitando o cálculo dos valores a serem recebidos. Porém, em
um cenário de alta dos juros essa é a melhor opção pois garante o melhor retorno
nesse cenário.
Opções
Temos um grande número de opções a escolha de diversos tipos
de títulos, como NTN (Notas do Tesouro Nacional), LFT (Letras Financeiras do
Tesouro) e LTN (Letras do Tesouro nacional). Cada uma possui a sua
característica diferente, além de rendimentos e prazos, o que impossibilita
explicar cada uma separadamente. Há um projeto do tesouro nacional com o
objetivo de simplificar os nomes dos títulos. Se você desejar saber mais ou
tirar alguma dúvida deixe um comentário ou contate-nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *