Sem categoria

Como Enriquecer – Parte 3

Escolhendo uma carteira de ações vencedora
Para escolher uma carteira de ações é necessário ter alguns conhecimentos básicos sobre o investimento. Por exemplo:
• Capital mínimo para aplicação (Lote padrão de 100 ações): Nesse caso, você precisa saber se possui a quantidade de dinheiro necessário para comprar o lote padrão de ações que oferece maior liquidez. Se uma ação custa R$ 100,00 o lote padrão é R$ 10.000,00.
• Segmento de atuação da empresa: Verifique se o segmento de atuação da companhia tem uma boa perspectiva futura, se é um produto/serviço consumido com frequência; veja se as condições de mercado impedem seu público alvo de consumir, por exemplo,

 se vier uma crise econômica os supermercados param de vender? Não porque precisamos comprar nossos alimentos básicos. Assim também os fabricantes de produtos indispensáveis à sociedade. Se for um segmento em crise ou em franca decadência evite o investimento, por exemplo, Souza Cruz, a fabricante de cigarros, encontra-se em embates contínuos com o governo devido a grande taxação de cigarros e campanhas contra o uso do produto, esse não é o tipo de segmento correto para incluir em sua carteira.
• Não se guie ou dicas por influências de terceiros: O que eu aconselho aqui é que você passe a priorizar entender e aumentar seus conhecimento relativos a determinada empresa ou investimento antes de entrar, ou pode amargar pesados prejuízos ao seu investimento. Eu evito recomendar determinadas ações X ou Y para evitar que eventuais danos sejam causados pela minha recomendação. Porém, visando longo prazo e com boa dose de resiliência, gosto de algumas companhias: Vale, Itaú, BM&F Bovespa, Senior Solutions, CSU Cardsystem, Rumo logística, Duratex, Eternit, Suzano, entre outras.
• Prazos de investimento: Entre as coisas mais importantes dentro das filosofias de investimento está a definição de prazos, por exemplo, entro numa ação hoje, assumindo que eu não sei quando ela vai subir, evidentemente após haver pesquisando e o case atender as minhas regras de investimento, define-se quanto tempo você irá manter a posição em carteira antes de fazer uma revisão nos investimentos. Obviamente, como seres humanos podemos imaginar que uma empresa seja a melhor do mundo hoje e daqui a um mês descobrir que ela e uma fraude, como no caso Enron nos EUA. Então aconselho uma revisão trimestral nos investimentos e um acompanhamento semanal das cotações para haver um maior controle sobre o patrimônio investido.
• Evite ações que tenham subido muito recentemente: O motivo é claro, uma ação que subiu muito pode estar em seu pico e então cair logo após sua entrada, o que seria trágico, que um exemplo, Mundial, a empresa foi envolvida em um escândalo especulativo em que suas ações se valorizaram 1000% em poucos dias e depois caíram ainda mais rápido, após os boatos que originaram a alta se provarem infundados.
• Evite ações que tenham caído muito recentemente: O oposto aqui também é verdadeiro, visto que empresas em queda podem esconder sinais de grandes problemas a frente, como vencimento de grande quantidade de dívidas, aumento de custos do setor, dificuldade de repassar preços, perda de margem, muitas vezes o câmbio pode influenciar nos custos de uma empresa como nas receitas. Então, cada caso é um caso. Estude com atenção.
• Diversifique com moderação: Para pequenas quantidades de dinheiro, a diversificação é complicada, pois imagine R$ 10.000,00 divididos em 20 empresas… R$ 500,00 para cada uma, para comprar lotes padrão o custo das ações deve ser de no máximo R$ 5,00. Portanto diversifique, mas pouco e com sabedoria, não compre ações de setores muito próximos, por exemplo: Uma carteira composta de Incorporadora, Cimenteira, Fabricante de móveis, fabricante de louças e loja de material de construção; não faça isso, pois uma crise no setor de construção afeta todas as empresas. Uma boa diversificação poderia ser feita da seguinte forma: Mineradora, Banco, Companhia Elétrica, tecnologia e alimentos. Nenhum segmento nesse caso depende do outro, de tal forma que uma crise em um setor não afetará outro.

Após definidas as ações de sua carteira, procure pensar um aumentar a quantidade de capital investido, visando um aumento patrimonial em longo prazo e também verifique outras oportunidades de investimento, para aproveitar boas empresas com preços descontados.
No próximo post irei falar sobre a luz do socorro financeiro. Como aumentar rendimentos, salários, poupança e outras formas de renda para que você possa sair do vermelho e ir para o sucesso financeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *